Série Hackeando o Empreendedorismo – Dicas para organização e produtividade

agosto 17, 2022

Para dar sequência aos nossos posts sobre a Jornada do Empreendedor, fizemos uma busca pelas melhores dicas de empreendedorismo que podem levar a sua empresa a um novo nível. Reunimos nesta matéria conselhos para organização, produtividade e crescimento do seu negócio. Esperamos que te ajude na jornada, tanto se você está pensando em começar nela agora, quanto para você que já empreende há um tempo. A parte 2 estará disponível por aqui em breve.

Regularização como PJ e preocupação com faturamento são assuntos que abriram nossa série de posts sobre a jornada do empreendedor. Agora, como último tema, realizamos uma busca minuciosa de tudo que pode te ajudar nessa caminhada e que podem ser bons conselhos para empreendedores iniciantes ou experientes. Continue a leitura e confira.

Pode ser que você também goste de ler: Gestão de tempo para empresários e Quando pedir um empréstimo para a minha empresa.

Hackeando o empreendedorismo

Hackear é uma expressão em inglês do universo da internet que significa invadir, rastrear e controlar algo que está no online, atualmente ela se popularizou e migrou para o cotidiano como sinônimo de conhecer, dominar e entender tudo sobre um determinado assunto. Quando falamos em hackear o empreendedorismo, nossa intenção é fomentar uma cultura de conhecer tudo sobre esse universo a ponto de pensá-lo por outros prismas e a partir de uma nova visão. Trazendo esse termo para pensar o seu negócio, você deve ter em mente alguns pontos: 

  • Conheça aquilo que você vende, faça um mapeamento do caminho do seu produto ou serviço e tudo o que precisa acontecer para ele chegar ao seu cliente;
  • Pesquise a sua concorrência, entenda quem são, mapeie o que e como eles oferecem, entenda o diferencial de cada um e a lógica de trabalho deles;
  • Investigue outros negócios, de outros segmentos: qual a jornada do produto/serviço deles? o que essas empresas fazem que você admira? funcionaria no seu negócio? como eles atraem clientes?;
  • Estude, pesquise e explore esses universos: o seu, o da sua concorrência e o de outros negócios. Na sequência, cruze esses dados e descubra o seu diferencial, entenda o que você pode coletar de ideias e práticas desses outros universos e o que pode ser o seu destaque frente a sua concorrência.

O processo de desvendar o empreendedorismo é gradual e de construção desse conhecimento. Para te ajudar a mapear negócios, seja o seu ou outros, você pode fazer uso de algumas metodologias e ferramentas como a análise SWOT.

Organização

Essa dica é clássica! Organize para que as coisas fluam e aconteçam. Aqui não estamos falando somente de uma organização física e de um ambiente de trabalho organizado. O que está em foco nessa dica é o alinhamento das suas expectativas e dos seus sonhos em relação ao seu caminho. Entenda onde você quer chegar e organize seus dias para fazer o que precisa ser feito para chegar lá.

Uma agenda, por exemplo, é um primeiro passo: anote suas metas do dia ou da semana, honre seus compromissos com fornecedores, clientes e com sua vida pessoal. Organizar itens como finanças, impostos e regularizações é um dever para quem empreende. Não é possível crescer e hackear o empreendedorismo sem entender as normas do jogo, e organização é parte do processo.

Uma das vantagens de se organizar é antecipar surpresas e ter condições de minimizar o impacto delas. Com planejamento e organização você consegue ter uma visão a longo prazo das situações e, dessa forma, começa a aproveitar mais o presente, já que o futuro não é mais um universo abstrato. Não conseguimos, é claro, evitar que imprevistos aconteçam, entretanto, sair da lógica de só apagar incêndios vai te ajudar a ter mais fôlego de gestão, fazer as coisas com mais calma e assertividade.

Produtividade

Organização se conecta muito com produtividade, que é nossa próxima dica para te ajudar no universo do empreendedorismo: dê atenção para a sua produtividade e para o que te ajuda com ela.

Produtividade não é fazer muitas coisas ao mesmo tempo. Um dia lotado não é sinônimo de um dia produtivo. Faça uma análise dos dias que você se sentiu mais produtivo e entenda o que aconteceu naqueles dias, com certeza não foram dias em que você se sentiu exausto, mas sim dias em que se sentiu competente e cumprindo o que você se propôs a fazer.

A produtividade não é linear, tem dias que nos sentimos mais produtivos, outros não. Então o primeiro passo aqui é entender como a sua produtividade funciona e o que é melhor para você na hora de produzir. Prefere um ambiente mais controlado ou mais imprevisível? Gosta de fazer tarefas difíceis pela manhã e mais simples no decorrer do dia? Ferramentas de produtividade podem ajudar aqui: pomodoro, lista de tarefas, fracionar atividades grandes em missões menores, organizar as tarefas ao longo do dia de acordo com sua energia pela manhã, tarde e noite, entre outras.

Como já dissemos, organização e produtividade andam juntas para o bom funcionamento de uma empresa. Essas são dicas valiosas para contribuir com o crescimento e o desenvolvimento do seu negócio. Para além disso, buscar conhecimento também é peça chave para colocar sua empresa em um outro nível, procure conhecer cada vez mais do seu negócio e virar especialista daquilo que você produz e comercializa. 

Preparamos uma parte dois desse tema com foco em gestão, pessoas e faturamento, não deixe de retornar aqui para fazer também essa leitura. Deixamos alguma dica de fora? Você usa alguma ferramenta de produtividade e organização que te ajuda no dia a dia? Compartilhe com a gente nos comentários. 

 


Você já segue as redes da Garantinorte? Acesse nosso Instagram, Linkedin e Facebook.

O que nos move é a realização do seu sonho!

Menor taxa de juros do mercado para investir na sua empresa